Como preparar o terreno para a obra

Antes de começar uma obra, os profissionais envolvidos no projeto precisam preparar o terreno para garantir que a construção será um sucesso. Essa preparação tem 6 etapas essenciais que devem ser conhecidas por todos os profissionais, afinal só assim ela será feita da forma correta.

Pensando nisso, vamos listá-las abaixo para que você saiba o que é preciso fazer para preparar o terreno de seu projeto. Confira!

Projeto arquitetônico

Em primeiro lugar, é preciso fazer o projeto arquitetônico da obra, porque ele é responsável por orientar a preparação do terreno. Esse documento auxilia na preparação, pois ele informa o tamanho da obra e tem o levantamento topográfico da área.

Sendo assim, ele guia os profissionais envolvidos, garante que a construção será resistente e que não haverá grandes problemas no desenvolvimento do projeto. Lembre-se de que esse documento tem que ser criado por um arquiteto habilitado.

Demarcação

Depois de ter o projeto arquitetônico em mãos, é necessário demarcar o terreno. Isso é importante, porque faz com que a obra não seja construída para fora do lote do projeto ou em um espaço menor do que o planejado. Algumas formas de realizar essa demarcação são com muros de alvenaria ou piquetes.

Limpeza da área

O terceiro passo no preparo do terreno é a limpeza da área, que se divide em duas: vegetal e de materiais. Na primeira, os profissionais retiram o mato do terreno, pequenos arbustos e plantas. Caso haja árvores na área que precisem ser retiradas, lembre-se de que a Prefeitura deve aprovar essa ação antes.

Já a limpeza de materiais diz respeito à retirada de pedras e entulhos, como os de construções antigas. Nesse momento, é necessário alugar caçambas para depositar os rejeitos das duas limpezas. Além disso, o indicado é contratar uma empresa ou um profissional especializado nesse tipo de serviço.

Terraplanagem

Também conhecida como nivelamento, a terraplanagem tem como objetivo deixar o terreno plano. Dessa forma, ela consegue evitar problemas com deslizamentos e erosões.

Para realizá-la, é preciso verificar se o terreno é em declive ou aclive e, em seguida, fazer as etapas necessárias de acordo com esse dado. Se a área estiver em declive, por exemplo, os profissionais têm que aterrar a área até que ela atinja o nível correto.

Já se ela estiver em aclive, os trabalhadores devem escavar a área e retirar a camada de terra que está acima do nível planejado. Se ficar com dúvidas nesse processo, o melhor é pedir orientação para o engenheiro responsável ou arquiteto.

Esse serviço geralmente é realizado por uma empresa ou profissionais especializados na atividade. Inclusive, as empresas que fazem a limpeza do terreno costumam oferecer também o serviço de terraplanagem.

Sondagem

Na sondagem são extraídas amostras do solo do terreno para que o engenheiro conheça as características da área. Assim, ele coleta as informações necessárias para fazer os cálculos das fundações do projeto e se certifica de que a edificação será segura. A análise das amostras tem que ser feita por um laboratório especializado no ramo.

Montagem do canteiro de obras

Por último, é necessário montar o canteiro de obras, ou seja, armazenar os materiais que serão utilizados e adicionar tapumes e muros ao local. Dessa forma, os materiais e as máquinas do projeto ficarão seguros, a circulação pelo local será aprimorada e o desenvolvimento do projeto será mais organizado.  

Realizando essas 6 etapas, o terreno de sua obra estará preparado e você e os demais profissionais envolvidos podem iniciar a construção com segurança. Por isso, não deixe de realizá-las em seus projetos.

E para saber mais sobre o setor da construção civil continue acessando o nosso site


Deixe uma resposta