BDI na Construção Civil: você sabe o que é?

A precificação de uma obra deve ser muito bem-feita, porque assim é possível definir um orçamento adequado para ela e um preço de venda justo. Mas, realizar essa tarefa não é fácil, porque é preciso considerar tanto os custos diretos quanto os indiretos da construção.

Os gastos diretos são facilmente lembrados na hora de calcular o valor da obra, já os indiretos não. Uma forma bastante eficiente de não esquecê-los na conta é descobrir o BDI da edificação. Por isso, os profissionais da construção civil precisam conhecer o BDI.

Caso você ainda não saiba o que ele é, continue lendo este post para conhecê-lo e saber como calculá-lo!

O que é BDI na Construção Civil

BDI é uma sigla inglesa que significa Budget Difference Income e em português foi traduzida para Benefícios e Despesas Indiretas. Ou seja, o BDI é o valor total dos itens indiretos que devem ser considerados no cálculo do preço final da construção.

Para entender bem o BDI, é importante lembrar quais são os custos diretos e os indiretos nas obras. O primeiro tipo de custo é aquele relacionado à execução da construção, como contratação de mão de obra e compra de materiais.

Já os custos indiretos são necessários para a realização do planejamento e execução da obra, mas não estão ligados diretamente à parte prática do projeto. 

Alguns exemplos de custos indiretos são: administração central da empresa, segurança do trabalho, a instalação e a manutenção do canteiro de obras.

No cálculo do BDI, não podem faltar os seguintes elementos:

·         Administração Central (AC): são os custos relacionados à manutenção da sede da empresa contratada, como aluguel, comunicação, recursos humanos, entre outros. Em empresas grandes, geralmente a taxa de rateio fica em 8% enquanto nas pequenas pode ir de 10% a 20%;

·         Custo Financeiro (CF): é quanto o capital colocado na obra renderia se ele estivesse investido no mercado financeiro;

·         Seguros (S): é uma parte do valor total da obra que deve ser separada para cobrir o seguro básico;

·         Garantias (G): são taxas que garantem o cumprimento do contrato, como de caução, fiança bancária, seguro garantia ou títulos da dívida pública;

·         Margem de Incerteza (MI): são os custos com imprevistos que o seguro não cobre, como retrabalhos e problemas com mão de obra;

·         Tributos Municipais (TM): taxa de tributos municipais, como o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS);

·         Tributos Estaduais (TE): relacionado aos tributos estaduais, como Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS);

·         Tributos Federais (TF): relacionado às taxas federais, por exemplo, a contribuição para os Programas de Integração Social (PIS);

·         Margem Bruta de Contribuição (MBC): é o lucro previsto para a construção.

Como calcular BDI

O valor do BDI não é o mesmo para todas as obras, porque os custos dos elementos mudam conforme as características de cada projeto. Então, é muito importante que você saiba como calcular o BDI.

Existe mais de uma forma de fazer essa conta, mas uma boa ideia é usar a fórmula sugerida pelo Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos (IBEC).

Ela é indicada para as empresas contratantes, mas os profissionais que estão realizando o serviço também podem usá-la. Nesse caso, só a margem de incerteza tem que ser retirada da conta. A fórmula do IBEC é:

·         BDI = { [ (1 + AC + CF + S + MI) / (1 – TM – TE – TF – MBC – G) ] – 1} X 100

Em alguns casos, também não há taxas estaduais, então o tributo estadual pode ser eliminado do cálculo nesses projetos.

Após fazer essa conta, você tem que relacionar o resultado obtido aos custos diretos para descobrir o preço de venda. Esta é a fórmula que deve ser usada:

·         Preço de venda: custo direto x (1 + BDI/100)

Dessa forma, você vai considerar todos os custos envolvidos no projeto, garantir um preço adequado para a construção e um lucro justo para o serviço. 

Por isso, quando for começar um projeto, é muito importante que você ou a empresa responsável pelo trabalho faça o cálculo do BDI.E, para conferir mais dicas sobre construção civil, continue acessando o nosso site!


2 comentários sobre “BDI na Construção Civil: você sabe o que é?

  1. Boa tarde a tds, não sabia o que era bdi, mais um aprendizado,vcs sempre nos ajudando com informações e ótimas ferramentas uma boa tarde a tds

Deixe uma resposta