fbpx

Blog da Inove Sua Obra

Acesse materiais inovadores: "Como Assentar Piso" até vídeos de clientes satisfeitos sobre nivelador de piso, porcelanato, amarração de ferro, entre outros conteúdos de alto valor.

Como escolher o rejunte certo

O rejunte é um elemento muito importante nas construções, porque ele faz a vedação dos revestimentos, impedindo que aconteçam infiltrações e rachaduras. Esse material ainda ajuda no alinhamento das peças e na decoração dos ambientes.

Mas, para que ele cumpra bem todas essas funções, você precisa escolher o rejunte certo para sua obra. Hoje, existem 3 tipos de rejunte que são mais utilizados em construções: o cimentício, acrílico e epóxi.

A seguir, vamos dar 4 dicas para você saber como escolher o rejunte certo entre todos e ter um ótimo resultado em seu trabalho:

Observe em que ambiente ele será aplicado

A primeira coisa que você tem que fazer é pensar no ambiente em que o rejunte vai ser colocado. Isso é bastante importante, porque nem todos os exemplares são impermeáveis.

Em locais que têm pouco ou nenhum contato com água, por exemplo, pode ser usado o rejunte cimentício, porque ele é permeável. Já em banheiros ou lavanderias é melhor escolher a opção de acrílico. Mesmo sendo permeável, ele suporta um contato moderado com a água.

Por outro lado, o ideal em piscinas e fachadas é usar o modelo epóxi. Ele é o melhor nesses casos, porque é impermeável e bem resistente a produtos químicos, como o cloro.

Analise o tipo de piso utilizado

Depois de observar o espaço, você precisa avaliar o tipo de piso que vai ser colocado no local, assim como o tamanho máximo e mínimo de fuga (ou junta) dele. Um piso pode ter tamanho de junta, por exemplo, de 0,5mm, 1mm ou até 10mm.

Mas, nem todo rejunte consegue atender todas as medidas de fuga disponíveis. Então, você precisa conferir qual é o tamanho de fuga do piso que você vai usar e qual rejunte pode ser utilizado com essa medida.

Pense na cor mais adequada para o espaço

A cor do rejunte pode transformar o visual do ambiente. É por essa razão que você tem que escolher com muito cuidado essa característica de seu rejunte. Se o objetivo é criar um espaço com a cara mais limpa, o ideal é utilizar um rejunte que tenha a mesma cor do piso.

Já se o ambiente for sério, escolha um rejunte neutro, como bege ou cinza. Em locais modernos e mais divertidos, você pode ousar e colocar um rejunte que contrasta com o piso ou que tem uma cor forte.

Escolha um exemplar de boa durabilidade

Por último, não se esqueça ainda de escolher um exemplar de rejunte de qualidade, porque assim seu serviço vai ter um excelente resultado e seus clientes não vão ter problemas com o rejunte.

Pesquise sobre marcas na internet e pergunte para colegas quais marcas eles gostam de usar, caso você ainda não tenha uma preferida. Depois, é só comprar o rejunte escolhido e colocar a mão na massa!

Seguindo essas dicas, você vai conseguir escolher o rejunte certo para a sua obra e melhorar o seu serviço. Caso você ainda precise de algumas ferramentas para manusear ou aplicar o rejunte e deixar seu trabalho perfeito, acesse a nossa loja online para adquiri-las!


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: