Como economizar na obra?

Bons profissionais da construção civil sabem como economizar na obra. Esse conhecimento é o que os destacam dos demais, na verdade. Uma obra de qualidade e de baixo custo é o sonho de todos os consumidores.

Existem diversos pontos importantes quando falamos em economia na construção. Afinal, as obras são bastante complexas e cheias de detalhes; qualquer economia pode fazer a diferença no bolso do cliente.

Neste post, vamos apresentar algumas dicas essenciais de como gastar menos durante a construção. Vamos lá!

Economizar na obra: pesquise bem antes de comprar

Conseguir materiais a preços baixos é, sem sombra de dúvidas, a melhor dica que existe. As obras consomem muitos materiais, e qualquer corte de custos, mesmo que pequeno, se torna grande no final das contas.

Porém, tome cuidado com os preços baixos: às vezes o produto não tem uma qualidade satisfatória. Ou seja, é o famoso “o barato sai caro” propriamente dito.

Sempre compre de empresas que zelam pela qualidade dos materiais. Esse é o melhor jeito de evitar surpresas desagradáveis.

Estoque os insumos de forma adequada

Outro ponto que diferencia profissionais da construção é o cuidado em relação aos insumos da obra. Um profissional capacitado e experiente jamais permitiria perder materiais pela má estocagem.

A maioria dos insumos é bastante vulnerável às condições climáticas. Então, ventos fortes, chuvas e enchentes acabam por encarecer a obra, se os materiais não estiverem seguros.

O ideal, portanto, é mantê-los cobertos e em uma área própria no canteiro de obras.

Controle as finanças da obra

Embora não seja uma atribuição dos pedreiros, manter o controle financeiro é sim um grande diferencial. Afinal, isso permite saber o quanto se está gastando, servindo como guia durante a construção.

Em resumo, coloque na ponta do lápis todos os gastos que a obra tem, não apenas os valores que cabem aos seus serviços. Dessa forma, você pode ajudar o cliente nas tomadas de decisão, ao passo que apresenta ainda mais soluções.

Aproveite o potencial dos materiais reutilizados

Os materiais reutilizados, embora sofram certo preconceito, têm espaço em todas as obras. Em suma, são insumos que, seja por compra em excesso ou desistência de uma obra, não foram utilizados.

Além disso, ferramentas podem ser reaproveitadas, inclusive ferramentas para acabamento de pinturas em paredes.

Mais uma vez fazemos um alerta: tome cuidado para não levar produtos de baixa qualidade. Nem sempre economizar na obra é uma vantagem, ainda mais ao usar produtos duvidosos.

Balanceie preço e qualidade no acabamento

Por fim, uma das maiores preocupações durante uma obra é o acabamento. A pintura para interiores também é bastante cara, e requer medidas de economia visando baixar preços.

No entanto, usar tinta de baixa qualidade, como já foi discutido antes, não configura uma economia real na obra. Afinal, embora haja um ganho momentâneo, o cliente terá que refazer o serviço em um futuro próximo — e pode te dar dor de cabeça.

Economizar na obra é sim um pouco complicado. Manter uma boa relação qualidade-custo é desafiador, mas com certeza vale o tempo investido.


Deixe uma resposta