Construção em EPS: Você já conhece?

A construção em EPS promete revolucionar o mercado imobiliário. Em resumo, ela traz diversas vantagens, como deixar a obra mais rápida e diminuir o consumo de água durante a construção.

Por se tratar de isopor, há um certo preconceito em relação a esse material. Entretanto, ele é tão seguro quanto os tijolos convencionais, e ainda ajuda no isolamento do imóvel.

Mesmo ao usar um produto tão poderoso como este, aplicar materiais de construção de qualidade ainda é obrigatório.

Neste conteúdo, vamos explorar esse material super interessante!

De que é feito o EPS?

O EPS é um material bastante antigo, sendo descoberto na Alemanha, em 1949. É um plástico que surge da polimerização do estireno em água.  Após essa reação, sobram bolinhas de diâmetro na casa de 3 mm, que serão expandidas na sequência.

Quando há a expansão das pérolas, o material obtido é composto de 98% ar e 2% poliestireno. Dessa forma, é um material que pode ser reaproveitado sem problema, oferecendo poucos riscos ao meio ambiente.

Vamos ver algumas vantagens da construção em EPS!

Quais as principais vantagens da construção em EPS?

Como ficou claro, o EPS é um material bastante interessante para a construção civil, ainda mais por sua resistência a temperaturas. Aliás, ao contrário do senso comum, ele não serve como combustível para as chamas.

As principais vantagens são as seguintes:

  • Possui baixo custo. 
  • Fornece um ótimo isolamento acústico e térmico. 
  • Baixa absorção de água. 
  • Alta resistência.

Vamos comentar um pouco sobre cada uma delas nas próximas seções.

Possui baixo custo

Na verdade, o EPS pode ser mais caro que os materiais convencionais, em algumas situações. No entanto, ele ajuda na economia de diversos recursos ao longo da obra, sobretudo o consumo de água.

Levando em conta seus benefícios, como a facilidade de utilização e a diminuição no consumo, seu custo-benefício é positivo.

Fornece um ótimo isolamento acústico e térmico

Por ser uma material com características que remetem ao plástico, ele apresenta ótimo isolamento tanto térmico quanto acústico.

No caso, a parede só vai começar a deformar quando a temperatura atingir valores altos, geralmente acima de 70º. Mesmo nessas ocasiões, o material não libera gases tóxicos, dado que é feito majoritariamente de ar.

Baixa absorção de água

O isopor tem como uma de suas características a baixa – podemos dizer nula – absorção de água. Ele se comporta, em parte, como um material hidrofóbico, evitando problemas de infiltração no imóvel.

Para montar os blocos de EPS com maestria, use distanciadores apropriados para a tarefa.

Alta resistência

Muitas pessoas ficam com um pé atrás, quando refletem sobre construir uma casa com blocos de EPS. Todavia, diversos testes mostraram que paredes desse material podem ser até 30% mais resistentes que paredes de tijolos.

Onde usar esse material na obra?

Um ótimo lugar para usar EPS é na laje da obra. Entretanto, o material fica ótimo nos forros, assim como na pavimentação de terrenos, quando houver solos moles.

O uso do EPS também se estende para as telhas, as quais são boas para evitar infiltrações, ao passo que diminuem a absorção térmica.

Sem dúvidas, a construção em EPS é uma ótima alternativa para sua obra. Gostou deste material? Explore nosso blog para mais conteúdos como este!


Deixe uma resposta