Saiba como impermeabilizar sua piscina

Muitos clientes querem piscinas em suas casas, e realizar o procedimento de implantação desse item requer diversos cuidados. Um deles, por exemplo, é a impermeabilização, um trabalho delicado que precisa ser feito com calma.

Neste conteúdo, vamos explicar tudo sobre como impermeabilizar sua piscina, inclusive vamos apontar os principais causadores de problemas durante esse procedimento.

Vale sempre lembrar que uma obra de qualidade requer materiais de construção de qualidade.

Boa leitura!

Por que impermeabilizar é importante?

Impermeabilizar é o ato de formar uma barreira contra a água, de modo a não haver vazão de um lado para outro dessa barreira. Ou seja, o material impermeabilizante cria uma camada na estrutura que impede a troca de fluídos entre os meios.

Embora a alvenaria seja boa contra a vazão de água, ela sozinha não é recomendada. A razão disso é que esse material pode rachar ou fissurar, aumentando a conta de água e contaminando a piscina com os materiais externos à estrutura.

Como impermeabilizar uma piscina?

O processo de impermeabilização é bastante complexo, pois conta com diversos detalhes que, quando somados, fazem muita diferença no resultado.

O tipo de apoio que a piscina usa, sua inclinação em relação ao solo, a variação térmica e diversos outros fatores vão influenciar na hora de impermeabilizar sua piscina. Aliás, esse processo deve ser feito durante a construção, e não depois.

Vale lembrar que o Instituto Brasileiro de Impermeabilização recomenda o seguinte método:

  1. Utilização de uma carga de prova inicial.
  2. Mapeamento e conserto de fissuras da estrutura.
  3. Análise dos impermeabilizantes disponíveis.
  4. Impermeabilização mecânica da estrutura.

Se você está em dúvida sobre qual produto usar, recomendamos o Rebotec Impermeabilizante, uma das melhores opções do mercado!

Impermeabilização de piscina com Rebotec

Trabalhar com os produtos Rebotec é uma das formas mais seguras de conferir agilidade na obra. Como todos os produtos são inteligentes, usá-los é bastante simples. Para impermeabilizar uma piscina com o Rebotec, basta seguir esse roteiro:

  1. Adicionar cimento à betoneira.
  2. Aplique agregados para fortalecer a mistura.
  3. Adicione água.
  4. Colocar Rebotec Impermeabilizante na proporção de 4 kg para 50 kg de cimento.
  5. Aplicar o produto na piscina.

Quais cuidados tomar na hora do procedimento?

Em primeiro lugar, é importante ser qualificado para executar essa tarefa. Afinal, não é um trabalho de baixa complexidade, e ter experiência na função pode evitar muita dor de cabeça.

Além disso, usar materiais de qualidade, como é o caso da marca Rebotec, vai garantir um excelente resultado na obra, evitando ter que refazer tudo.

Por fim, manter a piscina limpa e com tratamento adequado faz parte do processo de impermeabilização. Todavia, essa parte fica por conta do cliente, sendo tarefa do pedreiro apenas orientá-lo.

Dito isso, vamos ver os principais causadores de falhas nesse procedimento.

Principais causadores de falhas na impermeabilização?

Os principais causadores de problemas são os seguintes:

  • Escolha incorreta de materiais e ferramentas.
  • Não colocar proteção na base de platibandas.
  • Falta de argamassa.
  • Não arredondar os cantos e arestas da piscina.
  • Aplicar o produto sob base empoeirada ou com umidade.
  • Falha nas emendas e juntas.

Após ler este material, com certeza sua obra ficará excelente!


Deixe uma resposta