Parede Verde: como usar

O contato com a natureza nunca foi tão apreciado como hoje. Afinal, cada dia estamos menos em contato com as plantas e animais, principalmente por causa de nossa rotina agitada do dia a dia.

Uma solução para esse problema é trazer o verde para dentro de casa. Os jardins, por exemplo, foram vastamente explorados pelas mais diversas culturas, em diferentes épocas. Hoje, porém, não são todos que dispõem de tanto espaço, e a adaptação de paredes faz mais sentido nesse contexto.

Neste conteúdo, vamos explicar um pouco mais sobre o que é e como usar o conceito de parede verde.

O que é parede verde?

A parede verde é uma forma de trazer a natureza para dentro de casa, através de arranjos de flores e/ou plantas, dispostas em uma parede designada para esse fim. Essa ideia faz parte da decoração moderna, por isso todos os trabalhadores da construção civil devem ficar atentos à ela. 

As plantas, além de tornar o ambiente mais aconchegante, também trazem cores vivas para os lares, sem contar que purificam o ar residencial.

Como estruturar uma parede verde?

Para estruturar uma parede verde, primeiro é preciso planejar como será sua disposição, tomando cuidado para complementar a decoração do cômodo.

Além disso, a escolha da planta e do substrato precisa ser assertiva, tendo em vista que, em caso de erros durante a escolha, a parede deixará de ser verde.

Dito isso, vamos explicar cada detalhe a seguir:

Monte a armação

A armação é a forma com que as plantas ficarão presas à parede. Aqui vale destacar que existem diversas maneiras de se fazer isso, e tudo depende das plantas escolhidas, assim como da disponibilidade de espaço na residência.

Em algumas ocasiões, suportes de ferro são ideais para segurar vasos de flores; em outros, as aberturas da parede cumprem muito bem esse papel.

Escolha o substrato adequado

O substrato é um elemento importantíssimo para o sucesso de seu projeto. É ele quem vai conferir longevidade às plantas, desde que escolhido da forma certa.

Cada planta necessita de um tipo de substrato, e isso deve ser respeitado à risca.

Selecione as melhores plantas para o ambiente

Em resumo, existem dois tipos de ambientes, no que tange a iluminação: os pouco iluminados e os muito iluminados. Enquanto os primeiros são fechados, os segundos tendem a ser abertos, ou terem muitas entradas de luz solar.

O problema é que nem todas as plantas conseguem vingar em qualquer intensidade de iluminação. Algumas secam rapidamente quando expostas ao sol; outras não duram nem 1 semana sem luz solar direta.

Esse detalhe também é fundamental na hora de elaborar uma parede verde.

Pense na manutenção

Por fim, todas as plantas precisam de manutenção rotineira, algumas requisitam até cuidados diários e olhos atentos constantemente.

Na hora de planejar uma parede viva, pense na praticidade para realizar as manutenções, como irrigar, podar ou transplantar as plantas. São detalhes pequenos, mas que fazem muita diferença no resultado do projeto.

Este conteúdo foi útil para você? Temos diversos outros materiais como este em nosso blog!


Deixe uma resposta