Impressora 3D na Construção Civil

Uma impressora 3D é um equipamento capaz de imprimir objetos fora do papel, ou seja, itens inteiros como lápis, tijolos e muitos outros bens. Quando falamos em Construção Civil, esse equipamento consegue agilizar a construção, ainda mais quando usado para imprimir estruturas-chave das obras.

Embora ainda não seja tão comum, elas entraram com bastante força no mercado internacional. Vamos entender um pouco mais sobre impressora 3D.

O que é impressão 3D?

As impressoras convencionais são capazes de imprimir figuras inscritas em papéis. Como o papel só possui duas dimensões, denominamos essa modalidade de 2D, pois as figuras não têm profundidade.

Itens do cotidiano, por outro lado, possuem altura, largura e profundidade, por isso são 3D. Uma impressora 3D é capaz de imprimir esses itens, com altíssima precisão e qualidade.

Onde a impressora 3D é aplicada na Construção Civil?

Como você deve imaginar, a impressora 3D tem bastante espaço na Construção Civil, sendo suas principais aplicações as seguintes:

Criação de maquetes

Quando falamos em projetos complexos, a melhor forma de visualizar o resultado da obra é através de maquetes. Embora existam programas bastante sofisticados no mercado, a maquete é capaz de entregar um toque adicional à apresentação, por isso ainda é a preferida para exposições.

Se feitas manualmente, uma maquete pode levar semanas para ficar pronta. Porém, uma impressora 3D é capaz de imprimir uma maquete complexa em poucas horas.

Contour Crafting

O Contour Crafting é uma forma de construção que ainda está em desenvolvimento, não sendo exatamente uma impressora 3D, mas sim a união de diversos equipamentos onde também se incluem impressoras 3D.

Em resumo, o canteiro de obras é totalmente automatizado, onde as máquinas imprimem camada por camada do projeto, de modo a criar uma estrutura idêntica à programada em softwares de computador. 

Concrete Printing

Uma Concrete Printing, chamada de Impressora de Concreto no Brasil, é uma máquina capaz de imprimir objetos 3D em concreto. Além disso, elas são muito compactas e versáteis, e uma de suas principais vantagens é a economia durante a construção.

Em suma, esse equipamento, quando se tornar popular, vai extinguir os moldes usados na Construção Civil.

D-Shape

A técnica de construção chamada D-Shape faz uso de um material bastante peculiar, chamado de microconcreto cimentício, e um material ligante para causar o endurecimento seletivo do pó cimentício.

Essa forma de construir foi criada por Enrico Dini, levando 3 semanas para concluir o projeto de uma casa, em 2010. A casa foi exposta para o mundo na Triennale di Milano antes de ser alocada em uma propriedade do arquiteto Ferreri.

Quais as vantagens da impressão 3D?

As principais vantagens da impressão 3D são:

  • Baixo desperdício de material, pois o equipamento consegue aproveitar ao máximo os recursos destinados à construção.
  • Permite desenvolver diversas estruturas inovadoras, com capacidade de revolucionar a Construção Civil mundial.
  • Otimiza o processo de construção através da automatização, o que reduz a mão de obra.
  • Tem o poder de diminuir drasticamente o tempo de construção.

Gostou deste conteúdo? Uma ótima maneira de se destacar no mercado de construção é utilizar equipamentos de qualidade. Confira ótimas ofertas em nosso site!


Deixe uma resposta